Clínica Mariângela Santiago

Reconstrução de Mamas

Home »  Mama »  Reconstrução de Mamas

Reconstrução de Mamas

On outubro 17, 2016, Posted by , In Mama,Ótica Feminina, With No Comments

topo7

Reconstrução mamária está sendo cada vez mais requisitada. Afinal, ela é a única forma de devolver o seio que foi removido devido ao câncer ou outra doença.

Pode se dizer que esta cirurgia plástica é um dos procedimentos disponíveis hoje mais gratificantes, tanto para a mulher quanto para o cirurgião. “Com os avanços da cirurgia estética hoje já é possível criar uma mama parecida com a mama natural, retirando os traumas e devolvendo a autoestima e feminilidade da mulher”, explica a Dra. Mariângela Santiago.

Existe a reconstrução de mama imediata e a tardia.
A imediata é realizada no mesmo ato em que a mama é retirada, parcialmente ou por completo.

Já a tardia é feita quando a mulher já retirou a mama e ficou com sequelas estéticas.

A Dra. Mariângela Santiago explica que, quando possível, o melhor é realizar a cirurgia plástica imediatamente após a remoção da mama (mastectomia). “Só assim evitamos mais traumas para esta mulher que está totalmente sensível”. Isto vai depender do tamanho e do tipo do tumor. Por isto é importantíssimo o autoexame das mamas e controle periódico através de mamografias e ultra-som. Desta forma é possível diagnosticar tumores de tamanhos reduzidos, onde se pode realizar a retirada parcial da mama e reconstruir imediatamente.

A depender do tipo do tumor e de pouco comprometimento dos gânglios axilares, também é possível realizar a retirada total da mama e fazer a reconstrução imediata.

Depois da retirada da mama, mastectomia, a reconstrução passa a ser tardia. O impacto psicológico que a mulher passa é muito grande e necessita da ajuda e apoio do marido e familiares.

“Existem vários tipos de reconstruções mamarias e é preciso avaliar cada caso para saber qual o procedimento é mais indicado para cada pessoa. O bom resultado vai depender da experiência do cirurgião, do tipo de mama e do tamanho do tumor. As duas mais comuns são a reconstrução de retalhos com tecido do próprio corpo”, explica a especialista.

 

RECONSTRUÇÃO COM EXPANSOR DE PELE

Essa técnica é mais simples e combina a expansão de pele com a colocação de uma prótese de silicone. “O expansor parece com um balão que ficará embaixo do músculo do tórax. Durante alguns meses é injetado uma solução de soro fisiológico que fará a expansão dos tecidos”. explica a Dra. Mariângela Santiago.

Depois que se expandiu o tecido suficiente para colocar a prótese, o expansor é removido e substituído pela prótese de silicone. Como na mastectomia, além do cirurgião remover pele ele também remove mamilo e aréola, eles são reconstruídos em um outro procedimento.

“O mamilo é refeito na maioria das vezes, com parte do mamilo da outra mama, cartilagem da orelha ou com a pele da própria mama reconstruída a partir da pele situada na região interna das coxas, que tem a cor semelhante a da aréola”.

Pré e pós operatório de reconstrução tardia de mama pós câncer com a utilização de um expansor de pele e depois substituição do expansor por prótese de silicone.

 

RECONSTRUÇÃO COM RETALHOS

Outra técnica de reconstrução que pode ser feita é com tecidos transportados de outras regiões do corpo, como das costas ou o abdome. “O retalho é feito com pele, gordura e músculos. Este tecido de outras áreas do corpo e levado para a mama removida, através de um túnel escavado em baixo da pele do tórax”.

“Caso haja diferença entre a mama reconstruída com a natural, é recomendado fazer uma outra operação para aumentar, reduzir ou elevar a mama natural”, explica a especialista. A reconstrução da aréola e do mamilo segue o mesmo procedimento descrito anteriormente.

É importante ressaltar que se obtém mamas bonitas, porém todas as reconstruções apresentam cicatrizes.
Ilustração das regiões das costas e do abdome que são transportados para reconstrução de mama. Pré e pós-operatório de reconstrução de mama pós-câncer utilizando o retalho abdominal.

A Dra. Mariângela Santiago CRM 45.138 informa:
ATENÇÃO: As explicações disponibilizadas têm finalidade exclusivamente informativa e objetivam oferecer ao público uma visão prática a respeito do assunto. Conforme a SBCP recomenda que em caso de dúvida seja consultada a Cirurgiã Plástica para consideração das peculiaridades de cada caso.

Comments are closed.
Translate »